Desenvolvimento e Cultura Local

O ensejo de criar uma Associação com o fim específico de promover e realizar as Festas Populares de Pinhal Novo engrandeceu após a experiencia dos primeiros anos de Festas, organizadas por Comissões, com presidentes convidados pelas autarquias e responsáveis por escolher equipas de colaboradores. Foram experiências gloriosas mas nem sempre pacíficas; daí que a constituição de uma associação, com personalidade jurídica, de adesão voluntária de sócios com deveres e direitos, nomeadamente de eleger e ser eleito democraticamente para os corpos sociais, acabaria por ser o caminho natural e inevitável.

Assim, em 29 de Junho de 2000, após a realização das Festas Populares  desse ano, foi finalmente constituída a Associação das Festas Populares do Pinhal Novo – desenvolvimento e Cultura  Local, cujos estatutos foram publicados no D.R. nº 188, III Série, de 16 de Agosto de 2000.

A consolidação de todo o processo constitutivo dá-se com a realização da Assembleia Constituinte em 11 de Outubro de 2000, onde se aprova a admissão de sócios, a numeração e respectivos critérios, assim como a marcação do primeiro acto electivo.

Desde então, o funcionamento da Associação e, em particular, das  Assembleias Gerais, têm vindo a constituir um excelente exemplo do associativismo como escola  de comportamento democrático.